10 motivos pelos quais Linux é uma porcaria

por josh_nickles, traduzido e adaptado por Marcos Elias

Estou cansado de ver as pessoas chegarem em mim e dizerem “você já experimentou o Linux?”, “veja quão bom ele é!”, “você nunca mais vai precisar de nenhum outro sistema!”. Acabei me enchendo e então decidi fazer uma lista de algumas coisas contra o Linux. Aqui estão 10 pontos que provam que o Linux é uma droga.

Linux é uma porcaria porque ele é grátis. As coisas não podem ser grátis no mundo atual. Eu sei o que as coisas grátis são capazes de fazer…

Ele é uma porcaria porque não há infrações de copyright nem outras limitações no uso. E todo mundo e qualquer um podem contribuir no seu desenvolvimento. Isso é tão confuso.

Ele é uma droga porque ninguém se intitula como autor: “as pessoas” simplesmente contribuem e o desenvolvem. Quem é o autor, quem é o responsável? Eu não gosto de softwares que são meio incertos ao divulgar informações sobre os responsáveis.

Ele é ruim porque tem o espírito de levar a computação a todo mundo. O que eu vou fazer quando todo mundo conhecer os computadores e puderem utilizá-los? Eu irei falir. Ele vai acabar com os meus negócios e minha marca em cidades pequenas onde sou conhecido como “o cara do computador”.

Ele é uma porcaria porque há muitas distribuições. As pessoas não ficam apenas com uma distro: eu gosto de escolher uma coisa só e me manter nela.

linuxEle é ruim porque tem lançamentos a cada 6 meses: Eu preciso atualizar de novo e de novo… Odeio essas atualizações, elas fazem eu me sentir um idiota se não atualizar.

Ele é ruim também porque as pessoas não sabem como pronunciar exatamente seu nome. Linix? Lynex? Linax? Ou o que? Digo, ele não tem um nome que possa ser referência única no mundo todo. Um nome que marque funcionalidade: as pessoas que afirmam que ele funciona tão bem e não tem problemas vivem sob uma ilusão.

Ele é uma droga porque as comunidades e grupos estão aí para lhe ajudar em casos de problemas. Eu não gosto de falar com humanos. Eu gosto dos sons do computador que fazem me sentir falando com os alienígenas.

Ele é um lixo porque quase não tem problemas e é fácil de usar: Como um sistema sem problemas grandes pode existir? Um sistema sem problemas não é confiável; deve haver alguma coisa suspeita nisso…

Ele é uma porcaria porque todo mundo que usa ativamente diz: Eu gosto dele! Esta é uma frase forjada, bem visada e comum na propaganda. Ninguém dá uma análise honesta sobre Linux. Como pode ser um sistema a prova de idiotas?

(nota: alto uso de sarcasmo)

Encontrei este texto no fórum do Ubuntu e decidi adaptá-lo para postar aqui, curti xD Amo Linux mas ao mesmo tempo passo tanta raiva com algumas coisas, rs

comments powered by Disqus