Nova versão do Mondego: 292a

Postei uma nova versão do meu player. A grande melhoria é no visual da playlist, removendo aquele tracejado de foco do Windows (que em pleno Windows 7 tem cara de 95 ou talvez 3.11).

O tracejado que falei de foco pode ser visto na imagem acima, na lista de resultados da busca :P (mas na compilação disponível ele sumiu dali também).

Como se vê, a lista de músicas ficou mais apresentável, mas um dia ela ainda será reescrita (provavelmente com opção de mostrar mais colunas com o gênero, artista, etc).

Do changelog:

2010-07-15
292a

- Menu para salvar e carregar as posições do equalizador (ele salvava automaticamente a última mas não dava para criar “perfis”).
- Alguns presets do equalizador foram definidos (Clássico, Club e Dance; é necessário mais estudos para criar os outros).
- Tentativas de melhorias ao lidar com CDs, com mais atualização da interface nas funções de identificação do disco na unidade (Application.ProcessMessages… :D).
- Removido o tracejado de “foco” do Windows nos itens da lista. Fica mais “bonita” já que já tem a cor do skin em uso.
- Alteração na altura dos itens da lista, deixando-os maiores. A música que estiver tocando ficará com a fonte um pouco maior. Por enquanto isso é apenas na lista de músicas, provavelmente será levado para as outras futuramente.
- Adicionado item no menu da música selecionada: Mover para logo a seguir da que está tocando. Atalho: Ctrl + 1 (não funciona no 1 do teclado numérico).

Download do Mondego:

http://software.viamep.com/mondego/download/

E para relembrar as versões iniciais dele, nada melhor que colocar um build antigo lado a lado com um atual…

E aproveitando pra fazer um merchan (se é que pode ser considerado assim quando “é da casa”), se você gosta de música eletrônica, pode baixar um monte nesse site: soubalada.com. No Sou Balada foi reinaugurada a seção de vídeos, agora os visitantes podem enviar links de vídeos para o site: http://video.soubalada.com/.

Experimentando CDs no Mondego: versão 284a

por Marcos Elias

Postei hoje uma nova compilação do Mondego, com suporte experimental para CDs de áudio.

Tirando do changelog:

2010-07-09
284a

- EXPERIMENTAL: Aba “CD”, para tocar CDs de áudio (convencionais, não MP3). Dada a particularidade das faixas e a forma como são lidas (ficam na playlist apenas enquanto o CD está no drive) o Mondego não inclui as faixas na lista de músicas, mantendo separado. Isso permite voltar facilmente para a lista de músicas da playlist mesmo :). Aviso: esse é um recurso em testes, pode ser que seja removido em breve. Se tiver um CD no drive o player pode demorar mais para ser aberto. Se não houver uma boa demanda esse recurso será removido. Particularmente não ouço CDs de áudio comum no PC (99% das minhas músicas são em mp3, 0,5% em wma, 0,3% em flac e 0,2% em ogg).
- Agora a playlist principal passa a destacar as músicas favoritas (a cor variará dependendo do skin).
- Removida coloração vermelha em caso de resultado de busca não encontrado (ficava feio dependendo do skin, além de não ser lá tão útil). Agora a cor da área de resultados será baseada no skin.
- Trocado atalho para localizar arquivo selecionado na pasta: agora é CTRL + Enter. Antes era Alt + Enter mas só funcionava com Alt esquerda, usando a da direita não tinha efeito e o enter fazia a música ser tocada. Com o CTRL funciona para as duas teclas (esquerda ou direita).
- Trocado atalho para copiar o nome do arquivo: agora é CTRL + SHIFT + C. CTRL + ALT + C copia com o caminho todo. Antes era CTRL + C mas isso prejudicava o uso do CTRL + C em outros campos.

**********

Provavelmente vou remover o suporte a CDs de áudio, foi só pra testar mesmo – e não gostei dos resultados, deixa o programa um pouco mais lento quando tem um CD no drive. É uma parcela de código inútil que poucas pessoas usam hoje, creio eu. Mas se não tiver CD no drive não percebi lentidão nenhum a mais :)

Algumas pessoas me perguntaram pela versão 1.0. Não pretendo dar uma data para a 1.0. Em vez lançar uma versão “1.0″ e depois lançar um “Service Pack” em seguida, preferi trabalhar diferente no Mondego: vou distribuindo rolling releases, uma “versão” continuamente atualizada (estou colocando um verificador de versões online também, parcialmente implementado, indo em Menu > Checar por nova versão). As compilações cheias de bugs durante o desenvolvimento eu uso só para mim e alguns amigos próximos que eventualmente ajudam a testar, e assim que dá uma amadurecida publico uma nova compilação. A cada mexida no código que seja finalizada o número da compilação aumenta em um, como nem todas são públicas a versão publicada mais recente pode dar um “salto” perante à versão anterior. Isso é normal :)

Ele está em “dev” mas é mais estável do que muito software ’1.0′ que existe por aí. Como “gosto é gosto”, você não é obrigado a utilizá-lo, então se achar ruim ou precisar de algo que não vou implementar, continue usando seu tocador atual.

Tendo em mente a idéia de “1.0″, o que falta? Muito pouco. Mas esse muito pouco exige uma reescrita em várias partes do programa: a forma como ele lida com a playlist. Atualmente ela é uma stringlist simples, eu preciso criar um sistema com colunas que mostre dados da faixa extraídos das tags da música (artista, álbum, etc), e permitir ordenar a lista por essas informações. Isso em si não é lá “tão” difícil, mas eu precisarei trocar todas as chamadas da playlist e fazer mais uma boa dose de testes, então estou “adiando” esse recurso. Se você achar a playlist atual muito ruim, lembre-se de que ela é extremamente leve :) Em vez de quardar muitos dados na memória para cada item, ele guarda apenas o caminho do arquivo.

E claro, ele tem uns bugs que podem soar irritantes. Um deles é a falta de suporte a unicode, dependendo do nome do arquivo ele não consegue abrir. É raro, aqui comigo apareceu apenas com alguns raros arquivos baixados, mas esse é um problema real que precisa de correção.

Enfim, o Mondego 284a está aí e tudo o que puder, farei por ele, desde que não fuja dos objetivos iniciais (um player leve, sem frescuras, mas potente).

O download pode ser feito no lugar de sempre :D
http://software.viamep.com/mondego/

Um pouco dos bastidores…

Segue meu arquivo “todo.txt”. Como o programa é feito por uma pessoa só, não me preocupo tanto com a organização, estando de uma forma que eu entenda, beleza. Isso poderá mudar quando eu fizer a versão pra Linux, que comecei mas não continuei – seria uma reescrita total usando o Lazarus.

- aba CD: o resultadobusca continua com as musicas da principal!
- Nomes de arquivos com caracteres em unicode!!!
- o “menos” no tempo não aparece no XP, só no 7 (ñ lembro no Vista). Trocar a fonte LCD.
- ao varrer pastas NÃO PROCURAR por playlists! add variavel pra NÃO ACHAR SE FOR PLAYLIST na função q abre ou varre ou add!!! (isso pode add arquivos inexistentes q porventura estejam em playlists antigas do user)
- busca: exibir o painel LOGO q começar achar
- painel de erros: tem q arrumar pq se tiver a tela da busca junto fica zuado
- Ao clicar na opção pra alterar o ADD NA TOCADAS ou não qd tocar, então ADD a atual se tiver tocando alguma pq senão pde terminar e não add ela!
- Adicionar MANIFEST do vista/7 de user MAS SEM O DE TEMAS!
- Pause no teclado multimídia: detectar aba aberta. Atualmente ele pára uma rádio se for teclado msm qd grava!
- Arrastar e soltar itens nas listas para movê-los (tem que funcionar em todas, e nas de músicas e rádio precisa destacar a atual que estiver tocando).
- A janela de abrir com multiselect não segue o novo padrão visual do Windows Vista e 7 (apenas visual).
- Suprte a MIDI e CD
- Suporte a tags do MP3 (parcial… na barra de status e no aviso do msn)
- Playlist com tempo, álbum e mais informações da música (usar lista simples ou um grid ou um componente próprio?).
- Verificar bem a função pra tocar rádio: fica zuado quando clica mtas vezes no msm item.
- Usar presets no equalizador (iniciado mas não publicado, a preguiça/tempo pra fazer as contas e testar tudo é grande…).
- Ao usar o form no topo, manter o equalizador também no topo.
- Ao buscar, substitui _ por um espaço. Deixar isso opcional!
- Add msg da rádio no modo compacto (espaço pra isso tem!)
- Progresso na barra do 7 ao varrer pastas!
- Opção para cancelar o “varrimento” das pastas!
- jump lists: coisa questionável… uso o 7 desde o beta e nunca usei pra valer as jump lists :P
- ao clicar num ÚNICO arquivo no explorer, add na lista e já tocar ele (em vez de add na lista). mas NÃO TOCAR se tiver com radio ou gravando, OU tocando outra música.

COM SKIN:

- se tá gravando parou de funcionar a piscada no titulo e no “Gravando” !

De users:

- playlist no centro e opções embaixo, sugestão do Rafael

http://www.explorando.viamep.com/m/2010/01/pesquisa-mondego#comments

*********

CORRIGIDOS!!!

- Se nenhum arquivo pode ser tocado na playlist, ela fica repetindo indefinidamente. Tem que matar o processo. (agora basta clicar no stop ou teclar esc)
- Detecção do formato do streaming para atribuir automaticamente a extensão ao gravar.
- Barra de volume controla o volume global. Isso é indesejável.
- Salvar se o equalizador é visível ou não e as posições dele.
- Add mais algumas bandas no equalizador. (começou com 3 só para teste do bass :P)
- Tirar ctrl+c do menu q copia nome e fazer de outro jto, pra deixar usar o ctrl+c em outros campos!
- Ao mudar pra aba Tocadas com uma busca q não tenha nela, se a busca tiver verde não fica vermelha, mas nas outras fica! [CORRIGIDO pq as cores da busca foram removidas no 284a - 2010-07-09]

Publicado Firefox 4 beta 1

por Marcos Elias, publicado no GdH

*TÍTULO CORRIGIDO, no email foi sem o “4″*

A Mozilla publicou agora oficialmente o beta 1 do Firefox 4. Aquela versão divulgada recentemente, como anunciado, era um "preview do beta", um "candidate build". Esta nova versão é um pouco diferente do candidate (o instalador para Windows é um pouco maior e há algumas mudanças na interface, como o botão Feedback).

As grandes mudanças com relação ao conhecido Firefox 3.x são várias, na verdade houve uma boa reescrita do código do navegador para se adequar às novidades esperadas. A barra de endereço e a disposição das abas seguem o estilo do Google Chrome. Na verdade lembra ele, é diferente mas é inspirado nele, já que foi o Chrome que popularizou esse conceito de interface para os navegadores.

O Crash Protection, ou "proteção contra travamentos", é outra coisa interessante: ele isola alguns plugins em processos separados. Se algum deles travar ou parar de responder, o navegador todo não precisa ser encerrado, basta recarregar a aba do site em questão. Esse mesmo recurso apareceu no Firefox 3.6.4, onde funciona para plugins do Flash, QuickTime e Silverlight. No Chrome isso é feito desde o princípio, inclusive para as abas – e daqui para frente tende a ser adotado em outros browsers.

HTML 5 e CSS 3 estão tão comentados ultimamente que dispensam comentários, né? Além disso o Firefox 4 traz mais coisas, como WebSockets, Web Console e Indexed DB (este permite aos sites guardarem arquivos e configurações localmente).

Um novo sistema de plugins permitirá que as extensões sejam instaladas sem precisar reiniciar o navegador, o que era uma das maiores críticas ao Firefox para quem gosta de experimentar novas extensões.

O Firefox 4 ainda vem com um gerenciador de add-ons mais fácil de usar, suporte a WebM e vídeo HD, e mais recursos de privacidade. No hotsite de divulgação do beta há várias informações sobre as mudanças, além do link de download.

(mas eu continuo com o Chrome :P)

Adicione pastas favoritas no Filezilla e poupe seu tempo!

por Marcos Elias

Quem tem site ou blog e usa o Filezilla para acessar o servidor para upar atualizações, pode contar com o recuro Favoritos (Marcadores, como vem nas últimas versões).

Em vez de toda hora ficar digitando ou navegando pelas pastas, fica bem fácil, com um clique na pasta favorita ele coloca no endereço e já navega até ela. Eu vi esse recurso há muito tempo mas passsei a usar só agora, e facilita bastante!

Clique no menu Marcadores e selecione Adicionar aos marcadores (ou tecle CTRL + B).

Assim em vez de ficar digitando toda hora /var/www/html/example.com basta clicar no marcador do site favorito. De quebra a pasta local também pode ficar salva no marcador, agilizando bastante mesmo. Mesmo que você não acesse as pastas diretamente (como a /var/www/html, mais comum do Apache no Linux) com os marcadores você evitaria um duplo clique na pasta public_html, comum em hospedagem compartilhada :)

Facilidade para renomear muitas fotos

ATUALIZAÇÃO EM 2011: Agora o renomeador de fotos é gratuito para Windows e Linux, custando um preço bem barato para Mac. Veja mais detalhes e baixe a nova versão em:

www.viamep.com/renamer

Na versão 1.0 final ele não copia mais os arquivos, ele trabalha renomeando os verdadeiros agora. A interface está em inglês, mas pretendo fazer em português numa atualização posterior. Não tem segredo para usá-lo.

*************

Alguns aqui sabem que eu gosto de ônibus. Tiro muitas fotos (apesar de nem sempre publicá-las). Só que a organização… Fica uma bagunça. Separo em pastas por data, mas o ideal seria renomear cada foto por prefixo do ônibus – 4 4XXX para os da Novo Horizonte, 4 1XXX para os da Himalaia, 7 2XXX da Campo Belo, 2 XXXX da Sambaíba, etc…

Usar o Windows Explorer para isso não é legal. A foto aparece pequena, tem que clicar, ver, depois voltar para renomear.

Existem alguns programas que facilitam isso, mas não fui procurar. Fui fazer um rsrs.

Claro que ele não serve só para fotos de ônibus, mas se não fosse essa necessidade eu nem procuraria algo do tipo. Viveria para sempre com nomes como DSCF0001, DSCF0002, DSCF0003, etc…

A forma de renomear não poderia ser mais simples: digitar o nome, teclar enter e já ir para a outra foto. Veja:

>

Download – link atualizado:

http://software.viamep.com/renomeador-de-fotos/

Assista ao Jogo do Brasil online via Streaming

Procurei, procurei, procurei onde ver a copa do mundo ao vivo via streaming e não achei nada tão melhor. Em qualidade de imagem pelo menos e “sincronização”, foi o da Globo:

http://globoesporte.globo.com/

No justin.tv e outros sites similares a qualidade é ridícula. Se você estiver desesperado e conseguir ouvir o Galvão, então… A melhor saída é na Globo. Se não conseguir (aguentar a falação…) então desligue o som e fique vendo só, ou ligue um rádio :P E se não aguentar as vuvuzelas, maldidas cornetas, pode tentar o Devuvuzelator. Pena que ele não funciona para os vizinhos :(

Brincadeira. Se souber de algum site de streaming gringo que transmita, please, coloque aí. Numa busca um pouco rápida não achei nenhum satisfatório.

Post off, mas afinal, é Brasil… (pessoalmente não ponho fé que vai pegar o hexa, a seleção tá muito mole. Mas… tentar não custa, já que estão lá para isso…).

#FICAADICA

Algumas vezes aqui no Google Chrome as páginas da globo dão uma resetada, uma atualizada, uma eficincada automaticamente. Ah como isso irrita! Eu acabei vendo no Firefox com essa opção marcada:

Ferramentas > Opções > Geral > Alertar se sites tentarem redirecionar ou recarregar a página.

Vale para outros casos também, ou se você vê os vídeos do G1 – você está lá na página 10, 15, e de tempos em tempos o site infeliz te joga pra primeira de novo. Aff.

VPS na GoDaddy não envia e-mails?

por Marcos Elias

Tenho um servidor virtual na GoDaddy com Cent OS. Eu fiquei um tempão testando o envio de e-mails e nada… Revisei arquivos de configuração, php.ini, sendmail, iptables, aparentemente estava tudo OK mas os e-mails não saíam da fila, nunca eram enviados. Como não era essencial no site que hospedo lá, deixei sem funcionar mesmo. Pura preguiça de ler as instruções direito rsrs.

Se você passa por isso também… Saiba que eles bloqueiam o envio de e-mails pelo seu host, provavelmente para evitar SPAM, então imagino que nenhuma configuração que você faça vai resolver. Encontrei a resposta nesse site. Eles oferecem um servidor SMTP separado para envio de e-mails. O endereço deve variar de acordo com alguns grupos de clientes, então não adianta colocar aqui.

Para descobrir o seu, entre na sua conta no godaddy.com e clique em Servers. Clique no link Launch Manager ao lado do nome do servidor. Na seção Account Summary vai estar o item SMTP Service com o endereço.

Em vez de usar a função mail() do PHP, use o SMTP (se não souber como fazer, procure por tutoriais de PHP, afinal nesse post só estou comentando da GoDaddy).

Só para o WordPress temporariamente estou usando o plugin WP Mail SMTP. A autenticação para mim não foi necessária. Você pode definir o remetente (e-mail e nome). No campo SMTP Host coloque o endereço do servidor SMTP da GoDaddy válido para o seu servidor, e a porta geralmente fica 25.

Depois vou ver alguma forma de usar o servidor SMTP externo com o sendmail para facilitar a função mail(), afinal não entendo da configuração dele ainda e preciso pesquisar.

Acredito que haja um limite de e-mails por dia, vale a pena também conferir no suporte da GoDaddy.

Lançado Firefox 3.6.4: isolamento de plugins em processos separados

por Marcos Elias, publicado no GdH

A Mozilla atualizou o Firefox para a versão 3.6.4. Se você ainda não recebeu a atualização automática, vá ao menu Ajuda > Verificar atualizações.

Essa versão traz uma atualização importante para usuários de Windows e Linux (sem Mac por enquanto): Crash Protection, o isolamento dos plugins em processos separados. Esse é um dos principais conceitos do Google Chrome desde seu início, que deverá marcar presença melhor também no Firefox 4.

Por enquanto parece que o isolamento só trabalha com os plugins do Flash, Quicktime e Silverlight. Se um plugin travar o Firefox não deverá ser afetado por inteiro: apenas a região da página com o conteúdo deverá falhar, bastando recarregar a página ou, em último caso, acessar o endereço novamente. Boa parte das "travadas críticas" dos navegadores são por causa dos plugins de terceiros.

Também foram corrigidos diversos problemas de segurança e estabilidade. Mais informações estão no changelog.

O recurso dos plugins em processo separado era para o Firefox 3.7, que parece que não vai aparecer, deixando as outras novidades para a versão redonda 4.0. Se você ainda não tem o Firefox, pode baixá-lo em português em br.mozdev.org.

Não conhece o Firefox ainda? Clique aqui.

Como exibir suas fotos nos comentários de alguns blogs

por Marcos Elias

Se você já viu fotos de pessoas junto com seus comentários em vários sites e blogs mas a sua sempre aparece um carinha “cinza”, então… Veja como aparecer também.

Muitos blogs e sites usam o sistema do Gravatar, que é integrado ao WordPress – de longe a versão mais usada de CMS para blogs. No Explorando aqui tem, coloquei recentemente no Sou Balada e venho aqui colocar um “tutorial ilustrado” de como ter a sua imagem nos comentários.

É simples: basta se cadastrar no Gravatar, carregar sua imagem e pronto. Ao comentar nos sites e blogs por aí, use o mesmo e-mail que você usou ao se cadastrar no Gravatar.

O problema da maioria está justamente em se cadastrar, já que o Gravatar está todo em inglês. Então lá vai, mastigado aqui para você:

Acesse o gravatar.com, clique em Get your Gravatar today.

Coloque seu email. Não precisa ser o que você mais usa, mas precisa ser o que você vai usar ao comentar nos blogs e sites.

O Gravatar vai enviar um link para o e-mail indicado. É necessário que você entre lá e clique nesse link. Essa proteção que muitos sites usam é para impedir que você coloque um e-mail de outra pessoa, já que se você não clicar no link, ele não ativa sua conta.

A página aberta pelo link que vem no e-mail pede para criar um nome de usuário e senha. Não se preocupe tanto com ele, se você não lembrar no futuro poderá usar o recurso de recuperação de senha do site.

Agora você irá para a tela Manage Gravatars. Clique no link Add one by clicking here!.

Clique em My computer’s hard drive, para procurar uma imagem no seu computador.

Aqui carregue a imagem, não tem segredo: o texto do botão vai estar no idioma definido no seu navegador, já que não é o site que define ele. Selecione uma imagem e clique em Next.

Ele te dará a opção de cortar a imagem, já que vai interessar apenas um quadrado. Arraste as bordas do quadrado até pegar a parte que você quer, depois clique em Crop and Finish.

Ele vai pedir a classificação.

Alguns sites optam por não exibir imagens do nível X, por exemplo, pois podem conter temas sexuais ou violência forte. Do lado oposto, escolher G significa que sua imagem aparecerá em todos os sites que usem o sistema. Os outros dois são intermediários: PG para provocações leves e coisas que não seria bom uma criança ver sozinha (se bem que isso passa na TV a todo instante), e R para conteúdo com violência mais forte, nudez, uso de drogas, etc (o que também passa direto na TV, mas não seria agradável se fosse exibido numa reunião de senhoras idosas religiosas e conservadoras). Escolha algo baseado na sua imagem. Se for uma foto sua (de rosto, não de corpo nu :P) ou logotipo, desenho, coisas assim, pode escolher G.

Feito isso na próxima tela você pode sair do Gravatar, e talvez nunca mais voltar, só quando quiser trocar sua imagem. Clique em My Account e em Log Out. Feito :)

Ao comentar em outros sites que usem o sistema sua imagem aparecerá automaticamente, dando um toque mais “social” aos comentários. Facinho :D

Nova versão do Mondego: 273a

Publiquei ontem uma nova versão do Mondego. Segue o texto do log de alterações:

2010-06-21
273a

- Opção para monitorar continuamente as pastas da aba Pastas. Se ativada, o programa irá verificar por novas músicas nas pastas da lista a cada 10 minutos (futuramente esse tempo poderá ser alterado).

- Tela “Bem vindo”, um assistente de primeira execução. Ele apresentará rapidamente o programa e pedirá para o usuário escolher algumas pastas com músicas, assim já começa a usar o player sem ver a lista vazia. Atualmente essa tela só aparecerá se o programa receber como primeiro parâmetro /welcome e a lista de músicas estiver vazia.

- Ao clicar em Play com a lista vazia, será aberta a tela para adicionar músicas.

- EXPERIMENTAL: um verificador de versão online. É chato ter que lembrar de entrar nos sites dos programas para ver se tem nova versão. Por enquanto não existe atualização 100% automática, é necessário clicar no menu e a seguir em Checar nova versão.

- O changelog passa a ser em HTML em vez de TXT, para evitar problemas com o Unicode no Windows XP :) [visto que faço o texto no Mep Texto 8 no Windows 7, mas o Bloco de notas do XP não lê unicode]

- O número da compilação agora será o mesmo para as versões com e sem skin. Os executáveis continuam separados, de forma que ao optar por instalar o Mondego sem skins, o instalador instala um arquivo que é um pouco mais leve.

O download pode ser feito no lugar de sempre :)
http://software.viamep.com/mondego/

***
Eu percebi um bug, que acredito *não ser do meu programa*. Com o Windows Live Messenger (e Plus) instalado e aberto, algumas vezes o player se comportou de forma inesperada enquanto o “MSN” não respondesse (com o MSN travado, o Mondego ficou travado). Em breve será possível desativar o recurso de mostrar a música que está tocando no MSN. Fechando o MSN travado, abrindo o Mondego de novo e depois reabrindo o MSN funcionou. Não sei se o erro foi de algo doido uma vez só, ou se pode acontecer mais vezes.