(Re)Associando tipos de arquivos a programas, com o "Abrir com"  
 

Depois de desinstalar um aplicativo é comum que os tipos de arquivos associados a ele fiquem sem associação. Assim você não conseguirá abrir um arquivo de determinado tipo dando um duplo-clique no ícone dele pelo Windows Explorer.

Geralmente os programas possuem uma opção de associação de arquivos, que pode ser configurada nas preferências do programa. Quando isso não existir ou se você não encontrar no programa, pode fazer a associação utilizando um método do Windows. É possível também fazer isso editando o registro manualmente, mas aí é só para os mais experientes mesmo...

Para associar um tipo de arquivo (por extensão) pelo Windows há basicamente dois meios: pelas opções de pasta ou pelo Windows Explorer. Nas opções de pasta, na guia "Tipos de arquivo", a configuração é feita manualmente, você determina qual programa será chamado e com quais parâmetros. Não recomendo para iniciantes. Veja então como utilizar o Windows Explorer...

Clique com o botão direito do mouse no ícone de um arquivo que você quer que se abra sempre com um determinado programa. Por exemplo, um arquivo ".mp3", de música em mp3. No menu que aparece, escolha "Abrir com...". Se estiver disponível no menu, escolha "Escolher programa...". Veja:

 

 

Nota: nas versões mais antigas do Windows, o item "Abrir com" pode não estar presente diretamente no menu. Para que ele apareça, selecione o arquivo, segure SHIFT e clique com o botão direito do mouse. Aí o item "Abrir com" deverá a aparecer... No Windows 2000, XP etc. não precisa segurar SHIFT, esse item já fica visível normalmente. Estive usando neste tópico o Windows 2000.

Na tela "Abrir com" você deve escolher o programa que deseja usar para abrir esse arquivo. Escolha, no exemplo do mp3, o Windows Media Player (ou o reprodutor de áudio de sua preferência). Se o programa não estiver listado, clique no botão "Procurar" e localize o arquivo executável do programa. Veja:

 

 

Se você quiser que sempre esse programa abra esse arquivo, então deixe marcado o item que diz isso. Dependendo da versão de Windows o texto pode estar diferente, mas será algo como "Sempre usar este programa para abrir esse tipo de arquivo". Se você não quiser usar sempre o programa escolhido então desmarque a caixa de verificação se estiver marcada, hein! Veja que você deve fazer isso para cada tipo de arquivo que quer associar a determinado programa.

No Windows 2000/XP ou mais recente, a ação passa a valer a partir daí: toda vez que você der um duplo clique num arquivo de extensão “.mp3” (no caso do exemplo), o Windows Media Player será chamado e carregará o arquivo. Nas versões anteriores do Windows você deve reinicializar o computador para que as alterações tenham efeito (“Iniciar > Desligar > Reiniciar”...). Às vezes funciona fazer logoff e entrar novamente, é mais rápido do que reiniciar. Mas se não der, então reinicie mesmo.

Mas é claro, o programa chamado deverá entender e conhecer o tipo de arquivo... Não adianta mandar abrir, por exemplo, um arquivo de vídeo com o Bloco de notas, nem um arquivo do Word com o Windows Media Player. Ah, e quando você dá um duplo clique num arquivo que não está associado a nenhum programa, um arquivo "desconhecido", a janela "Abrir com" abre-se automaticamente. No Windows XP ele pergunta se você quer selecionar o programa numa lista ou procurar o programa adequado na web. Escolha então "Selecionar o programa em uma lista". A opção de procurar o programa adequado na web apenas lhe indicará que tipo de arquivo você tentava abrir, dependendo da extensão, e mostrará algum programa que poderia ser usado para abri-lo. Não pense você que se você tentasse abrir um arquivo do PowerPoint sem ter o PowerPoint, o Windows lhe daria o PowerPoint... Não é isso.

Nota 1: apenas um programa pode estar associado a um tipo de arquivo. Isso acontece porque sempre ao dar um duplo clique num arquivo, um programa será chamado pelo Windows, e o Windows passará ao programa o nome do arquivo (a localização, o nome "completo"). Mas isso não impede que você use dois ou mais programas do mesmo tipo, como por exemplo, dois ou mais navegadores ou tocadores de mp3. Você pode abrir os arquivos abrindo primeiro o programa, depois escolher a opção "Abrir" e então localizar o arquivo.

Nota 2: é comum que a janela "Abrir com" demoooooore a aparecer. Isso é normal. Ele "varre" a lista de arquivos de programas registrados disponíveis para exibi-los. Nas opções de pasta, guia "Tipos de arquivo", a mesma coisa. "Sente e relaxe enquanto o Windows lista os programas disponíveis..." he he he. A partir do Windows XP a lista "Abrir com" abre-se quase que instantaneamente, já poupa um tempinho... Mas tenha paciência, espere, não clique de novo senão depois pode-se abrir umas duas, três... O número de vezes que você tiver clicado no "Abrir com". Aliás isso vale para os programas também, muitas vezes o computador está lento e você clica muitas vezes... Depois abrem-se muitas janelas.