Registro do Windows: Tutorial para iniciantes  
 

Este pequeno “tutorial” mostra como editar o tão falado “registro do Windows”, que permite modificar propriedades e configurações que não estão acessíveis através da interface de usuário padrão.

Antes de começar, é preciso ter uma noção do que vem a ser o registro. O Windows e os programas instalados no seu computador freqüentemente precisam de informações “fixas”, que podem ser utilizadas para personalizar o programa, ou executar nele uma tarefa especial. Por exemplo, digamos que na primeira vez que você usa um programa ele pede seu nome. Nas outras vezes, ele simplesmente mostra uma mensagem do tipo "Olá, Marcos!" (trocando Marcos pelo seu nome). Como é que ele guardou o seu nome? Provavelmente no registro. Alguns podem gravar num arquivo independente, mas o mais utilizado mesmo é o registro. E o registro é um grande banco de dados, que pode ser alterado pelo Windows, por alguns programas ou manualmente, através do Editor do registro.

Muitas vezes alguns programas, mal intencionados ou não, alteram alguns itens do registro indevidamente, e como conseqüência, alguma coisa deixa de funcionar como funcionava. É comum, por exemplo, que ao entrar em determinados sites, (geralmente de caráter pornográfico ou sites de jogos) a página inicial do seu navegador seja alterada, apareça uma barra de ferramentas a mais no Internet Explorer, janelas do tipo “pop-up” se abrem sem sua permissão... Essas alterações comumente são realizadas no registro, e uma das formas de arrumar o problema é ir no editor do registro, localizar o item que indica para o computador executar aquela ação e remover, excluir. Além disso, no registro você pode personalizar algumas coisas que não estão disponíveis no modo da interface padrão do usuário. Isso serve para dificultar alterações indevidas e erros no sistema. Você pode, por exemplo, através do registro, desabilitar o painel de controle, para que outras pessoas não alterem as configurações do seu computador. É bastante comum também programas que editam o registro para você, com opções que você marca ou desmarca, e isso é mais seguro pelo fato de que você não mexe no registro diretamente, ou seja, está longe de “fazer besteiras”. Mas não tenha medo, não se assuste com os nomes dos itens do registro, vá em frente.

Para abrir o editor do registro basta ir até o Menu Iniciar, clicar em "Executar...", digitar regedit e clicar em OK ou teclar enter. Veja as ilustrações abaixo para se orientar melhor:

 

 

 

Este é o Editor de Registro do Windows. Faremos uma analogia com o Windows Explorer, utilizando termos como “arquivos” e “pastas”. Os itens do registro não são arquivos e pastas, mas no editor estão organizados da mesma maneira. O método de navegação pelos arquivos de registro é similar ao Windows Explorer. Se você o usa com certa freqüência, é útil criar um atalho para ele, no menu Iniciar ou na sua área de trabalho. Entre na pasta do Windows (de nome windows ou winnt, na unidade padrão - geralmente a C:) e localize o arquivo regedit.exe, depois crie o atalho.

Na janela à esquerda, o registro é organizado por diretórios, à direita, estarão os arquivos de cada diretório.

Esses diretórios são chamados de Chaves do registro e os arquivos são denominados valores do registro que se enquadram nas seguintes categorias:

 

Valor da seqüência.

Valor binário.

Valor DWORD.

 

Não se assustem, é muito simples e o conhecimento profundo não é tão importante para a utilização das diversas dicas de registro encontradas na Internet.

Uma breve explicação dos tipos de valores do registro:

Valor da seqüência pode armazenar variáveis do tipo String que permitem o armazenamento de valores alfanuméricos (exemplo: palavras e frases).

Valor binário como o próprio nome já diz, permite o armazenamento de valores binários. (geralmente 0 para desativar uma opção, e 1 para deixá-la ativa).

Valor DWORD permite o armazenamento de valores de base hexadecimais e decimais. (não é interessante neste momento explicar isto com detalhes).

Vamos aprender agora a criar chaves e valores no Registro.

Iremos utilizar como exemplo uma configuração que permite alterar o título do Internet Explorer, onde fica escrito “Microsoft Internet Explorer”.

Abra o editor do registro (Iniciar, Executar, regedit).

No painel esquerdo, dê um clique duplo na chave "HKEY_CURRENT_USER". Se preferir, em vez de dar o clique duplo, clique no sinal de "+" a esquerda da palavra, para expandir a chave (é como no Explorer). As modificações efetuadas nessa chave, de Usuário Atual (Current User) são refletidas apenas para a conta de usuário atual, não modificando nem atrapalhando os outros usuários, caso você esteja usando perfis de usuários no computador. Depois dê um clique duplo também no item Software, que aparece na lista de “pastinhas”. A seguir, abra a “pasta” Microsoft, depois a Internet Explorer. Finalmente, com a “pasta” Internet Explorer aberta, clique no item Main (principal, em inglês). Note que alguns itens aparecerão no painel direito do Editor do registro. É nessa área que definimos ou modificamos os itens.

Role a tela no lado direito, veja se vê um item de nome “Window Title”. Se já tiver, deveremos alterar o valor dele. Se não tiver, então deveremos criá-lo. Supondo que ainda não tenha, vamos criá-lo.

Certifique-se de que o item Main esteja selecionado no painel esquerdo. Caso não esteja, dê um clique nele, até que ele fique destacado (geralmente em Azul), como na imagem seguinte:

 

 

Com ele selecionado, clique no menu Editar, no alto da janela, escolha Novo, depois clique em Valor da seqüência.

 

 

A seguir o item aparece do lado direito, esperando que você digite um nome. Dê o nome exatamente assim: Window Title. Apenas digite Window Title e tecle enter, no teclado.

A seguir, clique com o botão direito nesse item que você ababou de criar, e clique em Modificar. Você também pode dar um duplo clique sobre ele.

 

 

Feito isso, basta digitar o valor desejado. Na caixa do valor, digite o que você quer que apareça no Internet Explorer. No meu caso, digitarei "Computador Mep Sites". Veja:

 

 

Clique em OK e pronto. Agora abra o Internet Explorer e observe a barra de títulos. (Se ele estiver aberto, você deve fechá-lo e abri-lo de novo, para que as alterações sejam carregadas).

 

 

Na grande maioria dos casos, para que as alterações tenham efeito, você deve efetuar logoff e entrar novamente ou reinicializar a máquina (Iniciar, Desligar, Reiniciar). Efetuar logoff funciona na maioria das vezes (nem em todas, em algumas é necessário mesmo reiniciar). Eu particularmente recomendo efetuar logoff por ser mais rápido.

A base para a edição do Registro é esta, os passos são semelhantes. Geralmente basta seguir o caminho resumido, algo do tipo HKEY_CURRENT_USER > Software > NomeDaEmpresa > NomeDoPrograma > Exemplo. É só ir navegando pelo painel esquerdo como se faz no Explorer (o gerenciador de arquivos do Windows), assim: HKEY_CURRENT_USER > Software > NomeDaEmpresa > NomeDoPrograma > Exemplo e localizar no lado direito da tela o item que deseja modificar. Caso não tenha, crie um.

Importante: NÃO saia alterando ou excluindo qualquer coisa no registro, pois você pode fazer inclusive com que seu computador não inicialize mais.