Chega de enrolar! Aprenda ou aprimore seu inglês no seu tempo livre, usando apenas materiais gratuitos da internet!

Mondego Player 308a: agora com função Portable!

Arquivado em: Downloads,Mep • Tags:, • 30/11/2010 @ 23:42

Enfim, depois de várias semanas sem mexer nele publicamente… Publiquei hoje a versão 308a do Mondego Player. Estou trabalhando numa versão portable oficial.

Essa versão tem alguns probleminhas (citarei a seguir), mas aparentemente nada tão grave. O maior destaque é a versão “portable”, portátil, para rodar sem precisar de instalação.

Os novos recursos e modificações:

- Início do trabalho na versão portable. Estarei distribuindo um arquivo próprio para a versão portable em breve, mas ela já pode ser usada! (explico mais abaixo).
- Portable: ele carrega todas as músicas que estiverem na mesma pasta do ‘mondego.exe’. Se o pendrive for muito lento para listar os arquivos isso pode demorar (mas como é só uma listagem acho que não terá tanto problema). No futuro será opcional.
- Avanço e retrocesso na música atual em alguns segundos: menu > Playlist de músicas > Retroceder ou avançar… Há alguns atalhos de teclado, usando atualmente F7, F8, F9 e F10, além dessas com SHIFT. Os atalhos são mostrados nos menus.
- Ao teclar seta para a esquerda ou direita, a música em execução avançará (ou retrocederá) 10 segundos. Para avançar ou retroceder “faixas”, use setas para cima e para baixo, depois enter para tocar a selecionada.

O avanço e retrocesso no tempo tem um problema: se você voltar para antes do começo da música ou avançar demais, pra lá do final, pode ser que ela páre de tocar. Normalmente ao clicar em outra já resolve, de forma que não é um problema tão grave. Isso deverá ser corrigido em breve.

Mondego Portable: agora realidade!

Pensando em otimizar o código para não ter dois projetos separados, fiz algumas leves modificações no programa. A principal coisa que define a versão portable é a pasta onde ele salvará as configurações. Quando instalado, elas ficam salvas na pasta de dados de aplicativos no perfil do usuário. No Windows 7, por exemplo, normalmente o caminho é assim:

C:\Users\[Seu Nome]\AppData\Local\MeP3

(Mep3 continuou por ser o nome de código do programa)

Na versão portable será a pasta “Config”, na mesma pasta do “mondego.exe” (o executável principal).

Todos os arquivos são os mesmos. Se você quiser fazer uma versão portable para seu próprio uso, basta copiar a pasta dele para um pendrive e remover o arquivo “mondegoinstall.txt”.

Sem esse arquivo de texto (mondegoinstall.txt) ele tentará usar a pasta “Config” na pasta do executável, caso não exista ele tentará criá-la.

Dica: Uma coisa boa é que, se você colocar músicas dentro da pasta dele, ele carregará elas na playlist automaticamente quando for aberto. As músicas podem estar em subpastas, não tem problema, desde que as pastas estejam dentro da pasta pai do executável.

Nota: se você remover o mondegoinstall.txt da pasta do programa dentro da Arquivos de programas e tentar rodar o mondego.exe… pode ser que ele não salve as configurações, pois normalmente o usuário no Windows não poderá gravar nas pastas dentro da Arquivos de programas, assim o Mondego não criaria a pasta “Config”. Para testar, copie os arquivos da pasta dele para um pendrive ou para outra pasta, por exemplo, na área de trabalho.

Na pasta Config ficarão arquivos de opções, da playlist, da lista de rádios, favoritos e pastas (exatamente os mesmos que ficariam na pasta do perfil do usuário no Windows).

Num ambiente “portable” não faz muito sentido usar os favoritos ou outros itens como a playlist salva, pois os caminhos serão fixos – e a letra da unidade do pendrive pode variar de computador para computador, tornando os caminhos salvos inúteis (uma hora o pendrive é E:, outra é D:, em PCs com várias partições pode ir facilmente lá pro K, L, M…). Pode ser que no futuro eu faça algo que favorite os arquivos considerando a pasta root do programa, em vez do caminho absoluto, o que só valeria para músicas que estivessem no mesmo pendrive, na pasta dele. Mas por enquanto não há isso.

Como ele carrega as músicas da pasta dele sempre que for aberto, pode ser bom você limpar a playlist salva, apagando o arquivo “playlist.mep3″ da pasta Config caso você plugue o pendrive num computador onde a letra atribuída à unidade seja outra.

Arquivos desnecessários na versão portable:
Ao copiar a pasta dele para um pendrive, você pode remover com segurança esses arquivos:
- mondegoadm.exe – É o que configura a associação de arquivos. Normalmente não adiantará associar arquivos ao programa porque ele vai estar num pendrive, então esse arquivo pode ser apagado.
- arquivos .ico – são ícones usados na associação de arquivos.
- manual (pdf).
- arquivo de licença e changelog (se for redistribuir o programa, peço que redistribua o original, para evitar alterações indevidas, o que poderia trazer problemas para quem for rodá-lo).
- arquivos de desinstalação (normalmente unins000.exe e unins000.dat, o número pode variar).
- pasta de skins

Não remova as DLLs, nem a pasta pluginsbs. Elas devem ficar na pasta do programa para que ele possa tocar as músicas.

O skin padrão é o default.ssk. Se você gostar de um outro (ou tiver qualquer skin .ssk do SuiSkin) pode trocar o default.ssk por ele. Se tiver instalado a versão sem skin (é possível optar no instalador), desconsidere isso. Se não pretende usar skin, recomendo instalar escolhendo a opção sem skin. O executável realmente é outro, um pouco mais leve, e usará o estilo nativo do Windows. Atualmente, na versão com skin porém com skin desativado, não há o indicador de manifesto do tema; ou seja, os elementos da janela podem ficar “quadradões” estilo Windows 9x/2000.

Uma última observação é que… Ao copiar os arquivos para o pendrive sem a pasta “Config” (o que seria o normal, já que ela é criada ao rodar o mondego.exe) ele ficará em inglês. Clique em menu > Language e escolha português (é necessário fechar e reabrir o programa, mas isso só na primeira vez, pois a preferência será salva na pasta Config).

Sobre o futuro…

Para a versão portable, penso nessas alterações:

  • Arquivo único que engloba todas as DLLs, extrai tudo pra pasta temp e apaga depois – porém preciso salvar as configurações, de forma que [acho que] não posso simplesmente usar o WinRAR, pelo menos ainda não achei como passar o caminho do sfx nele.
  • Iniciar SEMPRE com a playlist vazia, carregando as músicas da pasta dele toda vez que for aberto. Isso evita que caminhos fixos fiquem salvos, forçando o usuário a limpar a playlist.

É isso aí. O download pode ser feito no lugar de sempre:

http://software.viamep.com/mondego/

Se você gostou do programa, comente lá no Baixaki :)

E valeu mesmo a todo mundo que tem respondido à minha pesquisa sobre o programa. Embora não tenha enviado respostas individuais, cada detalhe comentado foi e será de grande ajuda. Se não comentou e tiver um tempinho, peço que comente, pois pode ajudar a definir melhor o futuro do programa:

http://software.viamep.com/mondego/pesquisa.php




Deixe uma resposta

 

Aprenda inglês como eu estou aprendendo: online, de graça!

Olá, sou o Marcos Elias, criador e redator aqui do Explorando. Estudo inglês pela internet há alguns anos, e com o tempo fui percebendo que já consigo ler, ouvir e entender muita coisa, é magnífico! Isso tudo sem gastar praticamente nada, pois há inúmeros sites com conteúdo grátis. Muita gente termina cursos presenciais e não compreende NADA falado. Eu consigo entender muita coisa em apresentações e vídeos de gringos sem precisar de legenda, sem jamais ter pisado num curso de inglês pago. Como estou aprendendo, decidi montar um blog para compartilhar as dicas com você que quer aprender ou melhorar seu inglês. Não é fácil, mas não é impossível. Dedicando um tempo livre todos os dias você chega lá!
Acesse aqui o hotsite Aprender Inglês do viamep.com. Alguns destaques:


Tem dúvidas de informática? Pergunte!
Tem alguma dúvida de informática, programa de computador em geral?
Não é necessário se cadastrar. O pessoal do Explorando e os visitantes poderão tentar te ajudar, de graça.

Artigos recentes